origem

domingo, 31 de janeiro de 2010

Andebol: Ganhámos o Derby

Vencemos o importante derby de andebol contra o Sporting.
25-24 para o Benfica.
No final um toque de lagartismo nas declarações do treinador cabeçudo que culpou a arbitragem. Claro!

Sport Lisboa e Benfica Fans Twitter Meeting

O Ricardo explica bem o significado deste encontro que marcou o dia de ontem na Luz no seu Catenaccio.
Acrescento que foi mais uma iniciativa de sucesso em que tive o prazer de participar e confirmar a grandeza do Benfica e dos seus adeptos espalhados pelo país.

Benfica tem princípio de acordo com Franco Jara


A Sport Lisboa e Benfica - Futebol SAD informa que chegou a um princípio de acordo com o avançado argentino Franco Jara para a celebração de um contrato de cinco épocas desportivas, tendo o mesmo início a 1 de Julho de 2010.

Num comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, a Sport Lisboa e Benfica - Futebol SAD informa que o valor acertado com o Arsenal Fútbol Club, clube do atleta, foi de 5,5 milhões de euros.

Keirrison Sai

A Fiorentina anunciou ter chegado a acordo com o Barcelona para o empréstimo do avançado Keirrison, que estava cedido ao Benfica, mas não entrava nas contas de Jorge Jesus.

De acordo com o comunicado divulgado através do site oficial da turma viola, o brasileiro será oficializado como reforço depois de passar pelos habituais testes médicos.

Keirrison irá alinhar por dois anos pela formação de Florença e durante esse período de tempo o clube poderá exercer direito de compra sobre o passe do jogador.

Benfica 3 - 1 Vitória


Muita ansiedade antes da bola começar a rolar. O Braga despachou um Sporting comum e vulgar, o FC Porto passeou na Madeira no jogo amigável que marcou a transferência de um jogador do Nacional para os Corruptos, e assim meio país estava confiante que o Vitória viesse dar uma alegria no sábado à noite aos anti benfiquistas.

Mas na Luz ninguém treme, ninguém acusa a pressão, as bancadas enchem-se de adeptos que iniciam as vitórias com um tremendo apoio, e a equipa corresponde com futebol de muito bom nível. Pressão, ritmo elevado, grande capacidade ofensiva, jogadores com grande espírito de vitória e é com naturalidade que Aimar abre o marcador.
Na Luz vive-se para os golos. Sabemos que eles acabam sempre por acontecer é só uma questão de tempo. O ambiente que se vive no nosso estádio é impressionante, não é por acaso que hoje um jornal diz que a arma secreta está nas bancadas.

Mesmo que o Vitória chegue ao empate, como chegou por Nuno Assis, ninguém desmoraliza. Apoia-se mais alto e mais forte e na 2ª parte um jogador mais inspirado que todos os outros abre caminho definitivo para mais uma vitória com 2 grandes golos. Afinal sempre tivemos ajuda verde nesta jornada, o Carlos Martins esmerou-se!
Como é da praxe o Louco depois dos 2 momentos memoráveis foi contemplado com o 2º amarelo após uma bola na mão no meio campo.

E foi aí que se viu o estofo do Benfica. Com menos um mostrou que o Vitória não tem categoria para nos dar a volta, como reconheceu Paulo Sérgio. Ainda podia ter havido mais golos mas Cardozo não estava nas suas noites ao nível da finalização e o Eder Luís viu Nilsson negar-lhe o golo com grande defesa para a trave.

Mas uma grande noite para os benfiquistas e de desespero para os que aguardavam um tropeção.
Tudo igual, nós iguais ao impressionante Braga, os Corruptos a 6 pontos. Só há uma novidade , bem bonita por sinal, é que os outros estão a uns fantásticos QUINZE pontos de distância!

Todos à Luz no Derby de Andebol

Hoje às 17h é importante marcar presença no pavilhão da Luz para apoiar o Benfica contra o Sporting no derby de andebol.
Recordo que este ano não há playoff e que a fase final será disputada a duas voltas com os melhores 6 classificados que partem com metade dos pontos alcançados na fase regular. Por isso é importante vencer hoje contra uma das poucas equipas que os auto proclamados ecléticos apresentam em competições importantes nacionais. Ainda por cima na modalidade em que o Sporting é o clube com maior orçamento a nível nacional!
Força Benfica!

Benfica 3 - 1 Vitória: Resumo


Highlights

Freekicker | Vídeo do MySpace

sábado, 30 de janeiro de 2010

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Vocês São Tão ...

... MISERÁVEIS!!!

Convocados para Amanhã

Guarda-redes: Quim e Júlio César;

Defesas: Maxi Pereira, Luisão, David Luiz, Miguel Vítor e César Peixoto;

Médios: Javi Garcia, Ramires, Rúben Amorim, Carlos Martins, Di María, Fábio Coentrão, Felipe Menezes e Pablo Aimar;

Avançados: Saviola, Cardozo, Nuno Gomes, Éder Luís e Alan Kardec.

UEFA Futsal Cup finals no Pavilhão Atlântico

O torneio da final da taça UEFA de futsal será jogado em Lisboa no Pavilhão Atlântico em Abril.
O Benfica disputa o troféu europeu com o Luparense Calcio A5 (Itália), Araz Naxçivan (Azerbaijão) e os campeões Interviú (Espanha).

Leiria na Luz às 21h da Próxima Quarta Feira e Mais Um Concerto ao Ar!

Esta antecipação do jogo com o União de Leiria estragou-me o dia. E a noite de 4ª feira que já estava marcada para ser a grande noite do concerto dos Arctic Monkeys no Campo Pequeno. Já tenho o bilhete comprado há várias semanas porque desta vez não queria correr o risco de perder o lugar na plateia como aconteceu no Coliseu dos Recreios.
Estava tudo encaminhado mas o Benfica resolve antecipar o jogo precisamente para a hora do concerto.
Por experiência própria sei que não consigo ir a lado nenhum quando o Benfica joga. Não vale a pena contrariar a natureza, nem vejo o concerto em condições nem vejo o jogo. É uma tortura para mim e para quem me acompanha.
Mais vale admitir logo que vou para a Luz mesmo sabendo que vou perder um dos concertos que mais aguardava nos últimos meses.
E o pior é desiludir quem me comprou o bilhete e ia comigo.
Desculpa, Vanda.
Benfica, exijo uma goleada ao Leiria!

Sai Shaffer entra Airton

O defesa esquerdo do Benfica José Shaffer vai ser cedido por seis meses ao Banfield. Com a saída do argentino, Airton será inscrito no plantel benfiquista.

O empréstimo de Shaffer já foi confirmado pelo clube argentino, que venceu pela primeira vez um campeonato no seu país no ano passado ao conquistar o Torneo Apertura, no seu site oficial. Pouco utilizado na equipa de Jorge Jesus, a saída do defesa abre uma vaga para a inscrição do médio defensivo brasileiro Airton, contratado este mês ao Flamengo.

Hoje Vamos Ser Amigos

Força Lags!

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Força Cartagena!


Merecem tudo de bom só por terem albergado Balboa o resto da época.

Elmano Santos

No Benfica - Vitória.

Museu pode nascer em 2011

Benfica fez protocolo com Faculdade de Letras de Lisboa Alunos do Mestrado de Ciências Documentais começam em Fevereiro a organizar informação Até final de mandato há obra.

O Museu do Benfica, uma obra ciclicamente prometida em campanhas eleitorais, mas até agora adiada, está finalmente a dar os primeiros passos e é garantia desta Direcção encarnada que será concluído até ao final do mandato de Luís Filipe Vieira, sendo 2011 o ano em que deve abrir ao público.

Ontem, foi dado mais um passo importante, com a assinatura, na sala D. Pedro V, da Faculdade de Letras de Lisboa, de um protocolo visando a organização e documentação de tudo quanto é material histórico do clube.

O presidente do Benfica, Filipe Vieira, assim como o vice-presidente responsável pela área do Património, Alcino António, deslocaram-se durante a tarde àquele estabelecimento de ensino no sentido de formalizarem o acordo. Em representação da Faculdade de Letras, António Feijó e Paulo Alberto, respectivamente director e sub-director, que não esconderam a satisfação pela cedência de alunos de Mestrado do Curso de Ciências Documentais ao clube da Luz.

Luís Filipe Vieira leu um discurso em que fez notar o prestígio do parceiro de protocolo e que o futuro do Benfica precisa da sua história, mas seria o vice-presidente Alcino António, o responsável pela equipa que assumiu a pasta, a fornecer maior informação: «Os estagiários vão começar a trabalhar no Estádio da Luz já no dia 1 de Fevereiro. Queremos fazer as coisas da forma mais verídica possível. Mudar de um estádio para o outro não é fácil, deixou-nos perceber que temos enorme quantidade de coisas que precisam de ser organizadas e é o que estes alunos vão fazer. Temos jornais desportivos até aos dias de hoje, filmes, etc... É um sonho antigo e uma promessa que queremos cumprir e tornar realidade neste mandato», finalizou o dirigente, que revelou, igualmente, que «este ano há um orçamento de 300 mil euros para gastar com o Museu» e, também, que a obra vai «ficar junto à estátua de Eusébio, na porta 18».

Nuno Reis - A Bola

Jogos de Fevereiro


o jogo no WC é a 9 Fevereiro às 20h15 e dá na SIC

Na Madeira em Março


É desta!
Já está marcada a viagem para o Funchal para o fim de semana de 13 de Março para ir à Choupana apoiar o Benfica na caminhada para o título.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Rui Águas e Magnuson em 1987/88

O Jogo da Mala

Finalmente as malas de dinheiro chegam às capas de jornais.
Há muito que escrevo sobre a motivação extra de muitos dos adversários do Benfica. É uma motivação em forma de mala com dinheiro lá dentro.
Onde fui eu buscar esta ideia? Inventei? Repesquei das velhas histórias do futebol português ou sei do que estou a falar?
Sei do que estou a falar.

Uma noite de outono o Benfica foi jogar ao Minho para o campeonato com Duarte Gomes a apitar. Fui ao estádio apoiar. Até aqui tudo normal. O que tornou este jogo diferente é que ia rever um amigo de longa data, meu companheiro dos tempos de liceu, que trabalhava nesse clube. Ele que foi jogador e é grande benfiquista deu-me convites para ir assistir ao jogo. A mim e a um amigo.
O facto de ver o homem festejar o golo caseiro junto à linha de forma efusiva fez-me confusão mas entendi pelo profissionalismo.
O ar muito desapontado que mostrou após o jogo perto da garagem dos jogadores já me deixou intrigado. Afinal o clube onde trabalhava não tinha perdido , e o Benfica conseguiu empatar perto do fim salvando um ponto.
Contra este pensamento ele desabafou: "esse golo do Benfica fez com que os mil e tal euros que me calhavam fossem por água abaixo".
Eu e o meu amigo admirados ainda comentámos: "bem, grande prémio de jogo que vocês tinham...".
Ele esclareceu: "foi uma atenção que o clube principal da cidade Invicta enviou para distribuir pelo grupo em caso de vitória".

Assim mesmo, sem rodeios e à frente de mais pessoas. Com naturalidade.
Confirmei depois que é uma prática corrente, não me admira que este ano o Braga tenha aderido à moda dos seus grandes aliados.
Por acaso o amigo que assistiu à cena nem é do Benfica e anda pela blogosfera.

Mais de 2 milhões de euros

Da Luz para o Haiti.

Que 2 Nomes Tem Um Palhaço Madeirense Transformado em Moço de Recados ?

Ruben Micael ( apesar no nome não é cantor pimba )

Um dia quando fores mais um dos emprestados ao Penafiel cá estarei eu para te ouvir.

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

MST

Ia alinhar umas palavras sobre o desespero de MST n'A Bola mas o amigo Pedro F. Ferreira da Tertúlia já fez o favor de dizer tudo. É só ler aqui:
Usa-se a virtude para comprar o que não tem perdão.

Calendário do Benfica até ao Final da Época

Janeiro
Benfica-V. Guimarães, Liga, 17ª jornada, dia 30

Fevereiro
V. Setúbal-Benfica, Liga, 18ª jornada, dia 7
Sporting-Benfica, Taça da Liga, meias-finais, dia 10
Benfica-Belenenses, Liga, 19ª jornada, dia 14
Hertha Berlim-Benfica, Liga Europa, 16 avos-de-final, dia 18
Benfica-U. Leiria, Liga, 20ª jornada, dia 21
Benfica-Hertha Berlim, Liga Europa, 16 avos-de-final, dia 25
Leixões-Benfica, Liga, 21ª jornada, dia 28

Março
Benfica-P. Ferreira, Liga, 22ª jornada, dia 7
[Oitavos-de-final da Liga Europa, dia 11]
Nacional-Benfica, Liga, 23ª jornada, dia 14
[Oitavos-de-final da Liga Europa, dia 18]
[Final da Taça da Liga, dia 20]
Benfica-Sp. Braga, Liga, 24ª jornada, dia 28

Abril
[Quartos-de-final da Liga Europa, dia 1]
Naval-Benfica, Liga, 25ª jornada, dia 3
[Quartos-de-final da Liga Europa, dia 8]
Benfica-Sporting, Liga, 26ª jornada, dia 11
Académica-Benfica, Liga, 27ª jornada, dia 18
[Meias-finais da Liga Europa, dia 22]
Benfica-Olhanense, Liga, 28ª jornada, dia 25
[Meias-finais da Liga Europa, dia 29]

Maio
F.C. Porto-Benfica, Liga, 29ª jornada, dia 2
Benfica-Rio Ave, Liga, 30ª jornada, dia 9
[Final da Liga Europa, dia 12]

Invasão ao WC

Sorteio da Taça da Liga deu BENFICA no WC!
Maravilhoso!
Derby marcado para 10 de Fevereiro.

Benfica All Star-Amigos de Zidane, 3-3



Que grande dia para o Sport Lisboa e Benfica!
O estádio da Luz recebeu o mundo do futebol que quis mostrar o que de melhor tem este desporto. União de estrelas mundiais com o propósito nobre de angariar fundos para as vítimas da tragédia no Haiti.
Figo, Zidane, e Ronaldo há muitos anos que se preocupam em organizar anualmente um jogo para doarem a receita à luta contra a pobreza. Este ano o palco escolhido foi a capital portuguesa e o estádio da Luz.

Pela primeira vez ao jogo associou-se um clube de futebol que organizou o evento e apresentou a sua equipa All Stars . Esse clube foi o nosso Benfica que mostrou aos portugueses o que o mundo já sabe há muitas décadas, somos um clube de dimensão mundial.

Por isso hoje ouvimos o lendário Zidane agradecer ao Sport Lisboa e Benfica por esta noite. Por isso apareceram mais de 51 mil pessoas nas bancadas da Luz numa noite gelada de 2ª feira.

Além da importância do objectivo do encontro a noite teve mais significados muito especiais para todos os benfiquistas. Hoje é o dia em que celebra o nascimento do Rei Eusébio. Teve direito a celebração bonita. Hoje é o dia em que recordamos a trágica noite de Guimarães em que um jogador vestindo o manto sagrado caiu morto perante os nossos olhares incrédulos. Fez-se o tributo a Fehér que nunca será esquecido por nós. Hoje está de parabéns o nosso Presidente Fernando Martins que tanto fez pelo nosso clube.
Hoje avivou-se a memória de um passado glorioso com a presença de alguns dos melhores jogadores da nossa história, e festejou-se o presente brilhante com os craques que nos indicam um futuro risonho. Tudo em campo ao mesmo tempo. Um jogo de futebol para recordar outros tempos, e imaginar os êxitos de um breve futuro, tudo contra uma equipa onde rodavam autênticas lendas do futebol internacional.

Este ano recebo a minha águia de prata pelos 25 anos de sócio do Sport Lisboa e Benfica. Quando me fiz sócio já frequentava o clube, ia aos jogos todos há uns bons anos. Assim por alto posso dizer que vejo o Benfica jogar ao vivo há 30 anos. É com grande orgulho e emoção que digo que vi TODOS os jogadores que vestiram aquela linda camisola berrante a jogarem no seu tempo.

Humberto Coelho foi o primeiro capitão que me habituei a ver. Ao lado de Bastos Lopes formavam uma dupla impressionante. O central português com mais classe que vi jogar.

Dimas ainda está para as curvas. Era um defesa esquerdo competente mas ainda hoje acho surpreendente a sua saída para a Juventus!

Paneira, o grande Paneira. Homem chegado de um clube humilde que construiu o seu lugar na asa direita com muito trabalho e esforço. Chegou a ser dos melhores no seu lado, mas nunca soube manter-se no topo e os penaltis europeus falhados não ajudaram a ser maior.

Neno defendeu em grande estilo um remate de Zidane. À Neno mesmo! Só faltou uma saída em falso num canto para recordarmos na perfeição os seus anos nos postes.

Abel Xavier conseguiu um regresso glorioso à Luz depois de ter sido corrido com assobios. A sua rebeldia fora de campo fazem dele uma figura querida do Benfica. Grande Faisal!

Mozer ainda hoje mantém a pose de grande central. Um dos melhores de sempre. Deu para recordar aquela noite na Luz contra o Porto de Robson quando Mozer venceu a batalha com o puto Fernando Couto e o Benfica virou o 0-1 para 2-1.

Hélder foi um bom central português dos anos 90. O homem que até marcou nos 3-6 de Alvalade.

Chalana no relvado com a bola. Uma imagem que já não esperava ver mas que viveu comigo diariamente nos anos 80. Na escola esfolavam-se joelhos a festejar golos à Chalana. O melhor extremo esquerdo que vi jogar: "deixem passar o pequeno genial" cantou-se com graça no Topo Sul.

Schwarz foi um do clã dourado sueco. Que jogador! Ainda hoje está ali para as curvas com o seu cabelo impecável.

Abel Silva nunca fez grande carreira na Luz. Prometeu mais do que cumpriu mas ficará para sempre como o homem do golo de Riade.

Pietra, este sim, o dono da camisola "2" do SLB anos a fio. Foi o primeiro defesa direito que conheci no nosso Benfica. Habituei-me ao grande Pietra de tal maneira que acho que até hoje o Benfica não conheceu melhor jogador naquele lugar.

Claro que há sempre Veloso, mas o capitão do bigode e da voltinha perto da bandeira de canto fez os dois lados da defesa e foi um exemplo de longevidade. Não fosse aquele penalti de Estugarda e
seria ainda mais respeitado. O penalti e o filho,claro.

Valido e Paulo Madeira foram mais duas grandes promessas do Benfica. Se Valido nunca teve grande hipóteses de ganhar o seu lugar no eixo da defesa, já Paulo Madeira fez muitos mais jogos pelo Benfica do que aquilo que eu desejava!

Rui Águas foi grande ponta de lança. Mas manchou a sua carreira com aquela passagem pelo clube Corrupto. Nunca será maior que o seu pai, mas tem passagens muito bonitas na nossa história. A noite da 1/2 final em casa com o Steua nunca esquecerei, tal como o 3-1 ao clube Corrupto na Luz em que assinou um hattrick.

Valdo continua com a mesma classe a tratar a bola, um dos melhores "10" que tive a sorte de ver voltou em forma ao relvado da Luz. Faltou um livre para o vermos acariciar o anel antes de bater na bola.

Nené mantém a mesma imagem. Camisola muito bem arrumada dentro do calção branco. Quando comecei a frequentar as bancadas da Luz andava intrigado com o comportamento do Terceiro Anel que tanto criticava o nosso "7". Aquilo não fazia sentido, o homem marcava sempre e levava as baterias Tudor, e os pares de Sapatos que os patrocinadores ofereciam ao marcador do primeiro golo do jogo. E toda a gente gozava com o homem que não sujava os calções. Mas marcava que se fartava!

Por falar em "7", o extremo direito que quase me fez esquecer o Diamantino (não jogou) é checo e veio do Manchester United numa das piores fases da nossa centenária História. Karel Poborsky lá estava hoje no relvado. Costas voltadas para a linha lateral aos pulinhos à espera da bola, em arrancadas com aquela forma de correr tão característica, com as obrigatórias mangas compridas mas com o cabelo curto. Deu ideia que ainda podia simular uma arrancada parecida com aquela que numa tarde fez contra o Braga. Pegou na bola à saída da nossa área e fintou tudo e todos até fazer golo. Enorme Karel merecia ter vivido aqui numa época muito melhor.

Magnusson apresentou-se em versão XXL e com aquele seu humor muito nórdico. Mats fez 99 golos com a nossa camisola! Não quer nada com o exercício físico mas é grande benfiquista e anunciou que fica cá até domingo para ver o triunfo contra o Guimarães e apoiar na caminhada para o título que ele acha que este ano não escapa. Vamos lá fazer a vontade ao homem que nos fez festejar 99 vezes nos anos 90.

Os outros pertencem todos ao passado recente do Benfica e sabe sempre bem ver o Rui a mexer na bola, ou o Miccoli a desfilar todos os seus truques, ou a dupla mais benfiquista da Grécia, Karagounis e Katsouranis.


Uma grande noite em que deu para recordar o enorme passado que este clube tem, e motivar-nos para o futuro que se adivinha glorioso.

Por uma noite a capital mundial do futebol foi o estádio da Luz. A noite em que Figo foi aplaudido na Luz enquanto fazia respeitosas vénias ao melhor jogador da história do Benfica depois de Eusébio, Fernando Chalana - o pequeno genial.

Apetece-me dizer que foi o jogo Benfica - Resto do Mundo, um sonho que tinha na minha juventude e que só concretizava no tapete do Subbuteo inspirado pelo humor do guardião belga Pfaff que animava sempre este tipo de jogos. Hoje cumpriu-se esse sonho, houve uma enorme festa do futebol. Enquanto os marretas das tv's discutiam túneis, socos, frutas, e outras palhaçadas, na Luz jogou-se futebol à escala mundial e fez-se uma receita bonita para doar ao Haiti.

Tenho muito, muito orgulho em ser do Benfica, em frequentar o estádio da Luz há mais de 3o anos, e ter cartão de associado há mais de 25!




Benfica All Stars: Quim, Miguel, Humberto Coelho, Luisão e Dimas; Katsouranis, Paneira, Karagounis, Rui Costa, Nuno Gomes e Miccoli
Jogaram ainda: Neno, Moreira, Abel Xavier, Mozer, Hélder, Miguel Vítor, Chalana, Ramires, Schwarz, Saviola, Éder Luiz, Manuel Fernandes, Abel Silva, Pietra, Valido, Paulo Madeira, Rui Águas, Valdo, Nené e Magnusson
Treinadores: Toni e Jorge Jesus

Amigos de Zidane: Barthez; Dani Alves, Marquez, Fernando Couto, Jean Sony, Figo, Davids, Zidane, Henry, Kaká e Pauleta
Treinadores: Van Gaal e José Peseiro
Jogaram ainda: Luciano, Hierro, Olic, Cocu, Hagi, Kluivert, Popescu, Bhutia, Lehmann, Kluivert, Hagi, Le Saux, Radebe, Pires, Laudrup, Dugarry, Nedved, Akwá, Amer, Alfredo Esteves, Obikwelu, Tymoshchuk, Digão, Ricardo Pereira, Martin Solveig


Marcador: 0-1 por Kaká (14); 1-1 por Nuno Gomes (16); 2-1 por Nuno Gomes (22); 2-2 por Pires (53); 3-2 por Éder Luís (60); 3-3 por Bhutia (84)

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Parabéns Rei Eusébio: 68 anos de vida

Miklós Fehér

Halliche e Yebda estão nas meias-finais da CAN 2010



A Argélia, com os jogadores do Benfica Halliche (emprestado ao Nacional) e Yebda (cedido ao Portsmouth) no onze inicial, qualificou-se este domingo para as meias-finais da Taça das Nações Africanas, ao eliminar a Costa de Marfim após prolongamento.

A Costa de Marfim, um dos adversários de Portugal no Mundial 2010, fez o 2-1 aos 89 minutos, mas a selecção de Halliche e Yebda empatou (2-2) no tempo regulamentar, levando o jogo para prolongamento. A Argélia marcou no início do tempo extra (2-3) e garantiu, assim, o apuramento para a próxima fase.

O defesa Halliche e o médio Yebda alinharam durante todo o encontro deste domingo.

O Mundo na Luz

Chuva de estrelas no Estádio da Luz, esta noite, a partir das 19.45 horas, com a realização do Jogo Contra a Pobreza, cujos lucros serão canalizados para a ajuda humanitária ao Haiti, assim como para a necessidade de reconstrução de um país que vive momentos dramáticos. O evento desta noite tem um cartaz extremamente apelativo, com a presença desde logo de quatro Bolas de Ouro: Zidane (1998), Figo (2000), Nedved (2003) e Kaká (2007). Deste quarteto, três também foram distinguidos com o galardão FIFA World Player: Zidane (1998, 2000 e 2003), Figo (2001) e Kaká (2007).

De recordar que a presença de Kaká se deve à indisponibilidade de Ronaldo em comparecer. O formato habitual do Jogo Contra a Pobreza prevê a realização de um jogo entre os Amigos de Zidane e os Amigos de Ronaldo — os dois astros são Embaixadores da Boa Vontade do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento — mas desta feita o francês e o brasileiro reuniram um conjunto de craques na mesma equipa e terão pela frente uma formação de All Stars do Benfica, composta pelos jogadores do actual plantel e por vários atletas, de diferentes gerações, que vestiram a camisola do clube, casos de Miccoli, Nené, Rui Costa, Poborsky, Mozer, Katsouranis, Abel Xavier ou Humberto Coelho. E na equipa dos Amigos de Zidane e Ronaldo também são inúmeros os artistas, além dos referidos Bola de Ouro. É o caso de Henry, Laudrup, Davids, Hagi ou... Obikwelu.Tudo com arbitragem de Pierluigi Collina.

De referir que o primeiro-ministro José Sócrates também estará na Luz.

Rio Ave 1 - 2 Benfica: Resumo

Rio Ave 1 - 2 Benfica



Levámos muito a sério esta tripla jornada da Taça da Liga jogada à pressão em menos de um mês e os resultados positivos apareceram. Acho bem, o Benfica é o detentor do troféu e como já se despediu da Taça de Portugal mostra serviço na Taça da Liga.

Hoje uma vitória convincente, difícil, porque o Rio Ave nos Arcos nunca é fácil, e embalada por uma impressionante moldura humana que vestiu de vermelho (outra vez) a bancada do estádio vilacondense.

Moreira teve oportunidade de voltar à baliza, confesso que não entendo a lógica de rotação dos nossos guarda redes, e de resto a equipa voltou a ser a habitual embora tenha aparecido Carlos Martins no lugar de Ramires. Até ao intervalo o jogo esteve equilibrado mas o Benfica criou oportunidades de golo e viu-se atitude séria na abordagem ao jogo.
Tal como no Campeonato o Benfica chegou ao golo na 2ª parte. Desta vez com um grande pontapé de Carlos Martins que já tinha ensaiado bastante na até ali.
Boa reacção do Rio Ave que com a derrota passava de líder do grupo a eliminado.

Entretanto deixem-me dizer, mais uma vez, o quanto eu odeio ver o Benfica na televisão. É um desespero ouvir os comentários, ver a qualidade horrível das imagens que nos chegam que só estão à altura da incompetência jornalística das vozes da emissão. Durante aqueles minutos que o Benfica esteve empatado foi uma alegria para aquela gente poder dizer de minuto a minuto que com a vitória da Académica o Benfica terminava esta noite a participação na prova.

Voltemos ao empate. Tanto que se fala em arbitragens e ninguém foi capaz de dizer após tantas repetições que o desarme do David Luiz é perfeitamente legal e que o penalti foi uma bela invenção para o Rio Ave empatar. Impressionante!

O Benfica foi em busca da vitória no jogo e no grupo. Desta vez Saviola não marcou, e Cardozo preferiu assistir do que facturar, e então teve de ser Di Maria a garantir o triunfo depois de se isolar frente a Mora e não falhar na finalização.
Ainda nota para Kardec que se estreou na frente do Benfica. Para a história ficam dois pontapés ao mesmo poste no mesmo minuto. Se a sorte do brasileiro melhorar temos jogador.

Objectivo cumprido, ciclo infernal de 4 jogos longe da Luz terminado e com saldo 100% positivo!

O Sorteio da Taça da Liga

Ao contrário do que andam por aí a (des)informar o sorteio das meias finais da Taça da Liga não é assim tão condicionado.
A única coisa certa é que o Sporting joga em casa. De resto tudo é possível.O Benfica pode defrontar Académica, Sporting ou Corruptos.
Jogará em casa se calhar a Briosa, jogará fora se for algum dos outros clubes.

São apuradas as 3 equipas que, após a realização das 3 jornadas, ocupem o 1.º lugar no grupo e a equipa que ocupe o 2.º lugar com a melhor pontuação.
Meias-Finais:
As meias-finais são disputadas a uma mão entre os 4 Clubes apurados na fase anterior.
É efectuado um sorteio pela Liga PFP para alinhamento das equipas.
Os critérios para determinar quem joga na qualidade de Clube visitado são os seguintes:
1.º Melhor lugar e pontuação obtidos na 3.ª Fase;
2.º Maior diferença entre o número de golos marcados e o número de golos sofridos na 3.ª Fase;
3.º Maior número de golos marcados na 3.ª Fase;
4.º Média etária mais baixa de jogadores utilizados nos jogos da 3.ª Fase.

domingo, 24 de janeiro de 2010

U. Leiria na Luz a 3 de Fevereiro

Compromisso com os leirienses, da 20.ª jornada da Liga, antecipado
O encontro Benfica-União de Leiria, referente à 20.ª jornada da Liga, vai ser antecipado, em princípio para 3 de Fevereiro, apurou a A BOLA junto de elementos da estrutura do futebol profissional da formação do Liz.

O pedido de antecipação terá partido dos responsáveis benfiquistas que, assim, garantem total disponibilidade para preparar os dois encontros com o Hertha de Berlim (a 18 de Fevereiro na capital alemã e a 25 na Luz), dos dezasseis-avos-de-final da Liga Europa.

Neste quadro, as próximas semanas são de elevado grau de exigência competitiva. Assim, o Benfica joga, na Luz, com o Vitória de Guimarães a 30 de Janeiro, seguindo-se a recepção ao União de Leiria (3 de Fevereiro) e a deslocação ao Bonfim, a 6 de Fevereiro, para defrontar o Vitória de Setúbal. E, se esta noite confirmar em Vila do Conde a continuidade na Taça da Liga, novo jogo a 10 de Fevereiro.

Rio Ave - Benfica

Taça da Liga: Última Jornada

No grupo C, duelo de líderes: o vencedor do grupo sairá do Rio Ave-Benfica, empatados com quatro pontos. Quem ganhar segue em frente, os vilacondenses, com mais um golo marcado, têm vantagem em caso de empate. Até podem os dois seguir em frente, dependendo isso dos resultados dos outros grupos.

Benfica "esmaga" Ovarense e reforça liderança

O Benfica, actual campeão nacional, reforçou hoje a liderança da Liga portuguesa de basquetebol, após bater a Ovarense, por 79-54, na 11.ª jornada, e manteve-se invicto na competição.

No pavilhão da Luz, os "encarnados", que apenas por momentos estiveram em desvantagem (6-10 no primeiro período), dominaram a formação de Ovar e muito graças às boas exibições de Sérgio Ramos (15 pontos e oito ressaltos) e João Santos (14 pontos e seis ressaltos).

Na equipa da Luz, destaque ainda para a estreia do veterano norte-americano Hesmihu Evans, que nos oito minutos que esteve em campo assinou quatro pontos e quatro ressaltos.

sábado, 23 de janeiro de 2010

Convocados para Vila do Conde

Guarda-redes: Moreira e Quim;

Defesas: Maxi Pereira, Luisão, David Luiz, César Peixoto e Miguel Vítor;

Médios: Javi Garcia, Ramires, Rúben Amorim, Fábio Coentrão, Pablo Aimar, Di María e Carlos Martins;

Avançados: Saviola, Cardozo, Kardec, Éder Luís e Nuno Gomes.

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Benfica no FIFA.com

Jogadores Já Confirmados no Jogo contra a Pobreza



Lucas Radebe (África do Sul), Akwá (Angola), Kaká, Marcelo e Luciano da Silva (Brasil), Michael Laudrup (Dinamarca), Fernando Hierro (Espanha), Zinédine Zidane, Fabien Barthez e Christophe Dugarry (França), Jean Sony e Joseph Peterson (Haiti), Baichung Bhutia (Índia), Graeme Le Saux (Inglaterra), Edgar Davids Patrick Kluivert e Phillip Cocu (Países Baixos), Luís Figo, Fernando Couto e Pauleta (Portugal), Pavel Nedved (República Checa), Gheorghe Hagi e Gheorghe Popescu (Roménia) e Alfredo Esteves (Timor Leste) jogarão na equipa Ronaldo, Zidane & Amigos. Rui Costa, Nuno Gomes, e antigos jogadores do Benfica farão parte da Equipa de Estrelas do Benfica com Poborsky e Miccoli , Valdo, Humberto Coelho, Nené ou Abel Xavier.

CAN 2010 - Jogos dos 1/4 de final

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Sporting LOL de Portugal



Há semanas que não falo do Sporting. Deixou de ter piada. A época deles é tão miserável que depois da nossa visita ao WC já não tinha interesse perder tempo com eles.
Mas o encanto do Sporting actual é este; quando menos se espera torna-se inevitável falar deles.

Recuemos então até aos fins de Novembro. O Benfica estava com 11 pontos de avanço e o derby do WC torna-se o ponto alto da época dos vizinhos viscondes que operaram uma revolução trocando equipa técnica e director de futebol. O derby acaba empatado a zero, o Benfica sai de casa do rival com o avanço de 11 pontos e estranhamente nos dias seguintes o clã verde e branco rejubila com a exibição e o resultado. Estranhei porque ambas as coisas foram fracas para eles. Contentavam-se com muito pouco.
Depois perdi um tempo a ver então o "novo" Sporting do Carvalhal. Vi-os com o Heerenveen, com o Berlim e com o Leiria. O que lia e ouvia da boca dos adeptos verdes não batia certo com o que os meus olhos iam vendo. Para mim a equipa continuou num nível muito pobre e raramente ganha convincentemente. Mas como a análise da imprensa diz que há evolução e melhorias eu não me preocupei mais.
Depois vem a tão mediática recuperação. Carvalhal ganhou uns jogos seguidos. Mas uns jogos que eram quase impossíveis (se bem que para aqueles lados tudo é possível) de perder. Jogos da Taça da Liga misturados com jogos da Taça de Portugal e jogos de campeonato com adversários acessíveis e que mesmo assim obrigaram os viscondes a acabar com o credo na boca.

Ou seja, esta melhoria do Sporting não assusta ninguém mas moraliza. E é precisamente a meio deste processo de moralização que entramos nós, benfiquistas.
Basta olhar para o calendário e perceber que temos de moralizar a vizinhança. Longe vão os tempos de longas picardias até ao fim do campeonato. Agora há que os moralizar, como se faz com o Belenenses quando recebem adversários directos nossos.

Então temos que a próxima saída do Sporting é a Braga. E brevemente no WC recebem o os Corruptos. É de todo o nosso interesse que a "recuperação" bestial do Sporting se mantenha.
Só por causa desse interesse é que um gajo nem se aproveita das cenas anedóticas que por ali acontecem sem parar.
Evitei fazer piadas com a ovação que a bancada Visconde, sempre diferente, deu a Ruben Micael no dia em que este lhes vira as costas para ir jogar no clube Corrupto.
Evitei fazer piadas com o desgraçado (começo mesmo a ter pena dele) e desnorteado Carvalhal que depois do bis do Liedson foi para a conferência de imprensa teimar que só tinha sido um golo do avançado.
Evitei fazer piadas sobre as declarações de Carvalhal a anunciar que o Sporting estava muito forte no mercado e que já havia muita gente assustada. Acho que ele se referia ao Izmailov que queria voltar para casa e o clube não deixou, suponho que o rapaz fique de bom humor até ao fim da época.
Evitei fazer piadas sobre a recepção de um reforço de inverno em pleno jantar de Juve Nazis com dirigentes leoninos à mistura.
Evitei fazer piadas com os 100 jogos do novo Damas que ontem deu mais um enorme contributo para os golos mais ridículos da época.

Como se vê tenho feito um esforço para manter a estabilidade verde. Quando começo a ver (finalmente!!) colegas e amigos lags a voltarem à vida e a sorrirem com umas vitórias sorrio com eles.
"estamos em grande recuperação e agora com os reforços ninguém nos pára!", dizem.
Eu oiço e dou-lhes razão, enquanto penso mas que raio de recuperação estão eles a falar?! Se no fim de Novembro saí do WC com 11 pontos de avanço, e agora no fim de Janeiro tenho 12 onde está a recuperação?!
Mas não interessa. Há que os moralizar. Eles podem dar uma importante ajuda na nossa caminhada para o título.
E penso que este terá sido o problema. Alguém terá dito isso ao Sá Pinto e o homem ficou a ferver. Como já ouvi lags a dizerem que preferem perder para Braga e Porto só para o Benfica não ser campeão já acredito em tudo.
Gostava muito de festejar com os amigos lags as vitórias na Pedreira e contra os Corruptos mas , como sempre, já estou a ver que não se pode contar com aquela gente para nada.
Coitado de ti Sporting LOL de Portugal.

O «pt» é de «Pinto»


O BnR B não podia falhar. O meu blog preferido no que diz respeito a humor merece , mais uma vez, a nossa vénia.

Nelson Oliveira no Rio Ave

Tenho muita esperança no nosso avançado Nelson Oliveira por isso acho que este empréstimo ao Rio Ave é muito positivo. Saiba ele aproveitar a oportunidade e tenha a sorte do lado dele para confirmar um lugar no plantel da próxima época na Luz.

O Tal Canal!



Um belo canal sobre FRUTA no You Tube chamado tripulha.
Para marcar, ler e ouvir.
Assim se criou o ciclo de ouro do Dragão nas últimas décadas.

ps: notícia no Público
Escutas a Pinto da Costa disponíveis no YouTube

Algumas das escutas telefónicas feitas ao presidente do FC Porto no âmbito do processo Apito Dourado foram colocadas online no YouTube.

Nas conversas é possível, por exemplo, ouvir Pinto da Costa a falar com o ex-presidente do Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol, Pinto de Sousa, com o empresário António Araújo, com o ex-líder da Liga de Clubes, Valentim Loureiro, e com o director-geral da SAD do FC Porto, Antero Henrique.

No total são oito excertos que incluem conversas relativas aos vários casos em que o mega-processo Apito Dourado se desdobrou, como os conhecidos casos do Envelope, da Fruta e da camisola de Rui Jorge - alguns dos quais já arquivados. Os sons foram colocados online ontem por um utilizador que está registado como "Tripulha" e que diz ter 25 anos e ser natural do Uganda.

Numa das conversas é possível ouvir António Araújo a combinar um encontro com o árbitro Augusto Duarte em casa do presidente portista. O empresário pergunta ainda a Pinto da Costa se pode "levar fruta logo à noite" porque lhe pediram "rebuçados". Num outro excerto, Pinto de Sousa diz ao líder portista: "Olha, estou-te a telefonar pelo seguinte, pá. Estou a pensar nomear o Jacinto Paixão para o Porto-Felgueiras. Não há inconveniente nenhum, pois não?"

O processo Apito Dourado, que incluiu investigações a alegados casos de corrupção e tráfico de influências no futebol profissional português e na arbitragem, foi desencadeado a 20 de Abril de 2004 com a detenção para interrogatório de vários dirigentes e árbitros de futebol.

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Jornal da Gloriosasfera

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Próximos Jogos na Liga Sagres

Benfica - Vitória de Guimarães
30 Janeiro, 19h15 - sport tv 1

Vitória de Setúbal - Benfica
6 Fevereiro, 21h - rtp 1

Receitas do Jogo Contra a Pobreza vão reverter a favor da população do Haiti

O presidente da Fundação Benfica, Luís Filipe Vieira, anunciou esta segunda-feira que as receitas do Jogo Contra a Pobreza, a realizar no próximo dia 25 de Janeiro, vão reverter a favor da população do Haiti. Além disso, foi aberta uma conta para ajudar as vítimas do terramoto do passado dia 12 de Janeiro.

Na sua intervenção, Luís Filipe Vieira lembrou que as verbas da 7.ª edição do Jogo Contra a Pobreza “eram destinadas, originariamente, a projectos de luta contra a pobreza coordenados pela ONU, através do seu programa para o desenvolvimento, e pela Fundação Benfica”. No entanto, a situação que se está a viver no Haiti levou à alteração do destino das receitas: “Desde que nos chegaram as primeiras notícias da crise humanitária no Haiti, e ao longo destes dias, de forma sistemática, temos vindo a manter contactos regulares com os responsáveis do PNUD, no sentido de canalizar as receitas deste jogo para o Haiti. Depois de alguns dias de avaliação e à medida que ficaram mais claras as carências - mas sobretudo a dimensão do desastre - a decisão foi tomada.”

Luís Filipe Vieira deixou um apelo para que a população portuguesa compareça em peso no Estádio da Luz, de forma a poder ajudar o povo do Haiti. “É importante a participação de todos na próxima segunda-feira, no Jogo contra a Pobreza, porque a vossa presença neste estádio representará mais uma pequena ajuda para a população do Haiti”, afirmou o presidente do Sport Lisboa e Benfica.

O território ficou devastado e é necessário um grande esforço de reconstrução do território do Haiti. Além disso, os últimos dias têm sido marcados por pilhagens. Toda a ajuda será pouca para ajudar aquele pequeno país das Caraíbas. “Por isso, a Fundação Benfica e o PNUD, além das receitas do jogo do próximo dia 25, decidiram abrir uma conta de solidariedade que reverterá igualmente para o Haiti”, revelou Luís Filipe Vieira.

O plantel principal “encarnado” também irá contribuir para a referida conta, anunciou o presidente da Fundação Benfica. O capitão Nuno Gomes e o sub-capitão Luisão estiveram presentes no Camarote Presidencial do Estádio da Luz para apelar à solidariedade dos portugueses.

Aceda já à página do Site Oficial do Clube e faça um donativo para o seguinte
NIB: 0076 0000 4519 7177 1010.6

Yebda e Mantorras em Frente no CAN



Fechado o seu grupo Angola e Argélia seguem em frente no CAN deixando para trás Mali, um dos favoritos, e Malawi. Yebda e Mantorras, assim como o defesa Halliche da Argélia, continuam a aventura africana.

70 Goloooooooooooooos

Excelente média de 2,5 golos por jogo em todas as competições Em 2008/09 Benfica marcou 73... numa época inteira Quase tantos quanto Sp. Braga e FC Porto em simultâneo.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

O Pior Serviço Pago do País: Sport TV

Como desconfio que nunca terei resposta no e-mail que mandei à Sport Tv partilho com os leitores (desafio-vos a fazerem o mesmo) o teor da minha reclamação/indignação:

de João Gonçalves

para comentarios@sporttv.pt

cc marketing@sporttv.pt,
programacao@sporttv.pt,
rpublicas@sporttv.pt

Assunto: cliente indignado

Boa Tarde,

Sou o cliente da Zon TV Cabo nº C++++++ e assino o pacote Canais Sport TV + Sport TV HD como podem verificar no Nº de conta de facturação ++++++++.
À falta de melhor contacto disponibilizado pela Sport TV para me manifestar recorro a estes endereços de e-mail publicados no vosso site de internet.

O assunto principal que me leva a contactar a Sport TV é um pedido de esclarecimento relativamente ao facto de ontem à noite, 17 de Janeiro de 2010, a Sport TV ter faltado à verdade para com os seus assinantes e ter optado pela transmissão de um jogo da Liga espanhola de futebol em vez do jogo Marítimo - Benfica tal como anunciam nos vossos separadores publicitários quando dizem que todos os jogos da Liga Sagres (transmitidos por vós) têm cobertura na Sport TV HD.
Eu pago um valor adicional para ter o canal HD, o que acho ridículo diga-se, e quero saber porque é que fui contemplado com o jogo Valência - Villareal em vez do jogo da Liga Sagres.

Aproveito o contacto para vos informar que acho que os meus (quase) 27€ mensais pagos à vossa empresa mereciam um serviço muito melhor da vossa parte. Dou alguns exemplos:
- é inaceitável a falta de qualidade da maior parte dos comentadores que vocês pagam para acompanhar os relatadores dos jogos de futebol. O caso pior e mais recente é o do homem que fez comentários no jogo FC Porto - Paços de Ferreira! Dicção horrível, voz assustadora, e discurso num português a todos os níveis vergonhoso! Exijo uma explicação para esta escolha. Espero não o voltar a ouvir nas vossas emissões.

- recuando às noites de Liga dos Campeões em que o FC Porto joga gostava muito que me explicassem porque é que eu pago 3 (+ 1) canais e no final de cada jogo do FC Porto invariavelmente tenho dois dos canais Sport TV, normalmente o 1 e 2, a transmitirem em simultâneo declarações do treinador, entrevistas aos jogadores na zona mista, e resumo do jogo que acabou. Dois canais a transmitir precisamente a mesma coisa, insisto. Qual é a explicação?

Finalmente em jeito de conselho recomendo que assistam a um jogo da Taça de África das Nações transmitido pelo Eurosport (HD) e que apreciem a qualidade da equipa de comentadores/relatadores. O conhecimento, a dinâmica, a interacção com os telespectadores, o humor, enfim, a qualidade de de um serviço que complementa na perfeição o jogo transmitido. Apreciem e depois pensem bem se realmente o Rui Pedro Rocha, por exemplo, nasceu para narrar jogos de futebol ou para adormecer os vossos clientes com aquele tom monocórdico e sonolento.

Agradeço a vossa atenção e espero com expectativa pela vossa resposta a esta reclamação.


JG
Cliente C********


ps: se algum leitor souber de contactos mais directos (pessoais) de jornalistas/responsáveis da Sport Tv partilhe comigo. obrigado

Mais Benfica

Basquetebol: Vitória em Torres Vedras contra a Física 66-75

Voleibol: Vitória nas Caldas da Raínha por 0-3

Hóquei: Vitória em Itália para a Taça CERS 3-4 ao Bassano em jogo da 1.ª mão dos oitavos-de-final

Marítimo 0 - 5 Benfica



Repetida a goleada da época passada embora com menos um golo.
Missão cumprida nos Barreiros.

Por vezes, raramente, há justiça no futebol. Depois daquele empate manhoso que o triste Carvalhal foi buscar à Luz no único jogo para o campeonato que o Benfica não ganhou em casa só apetecia mesmo uma vingança no Funchal. Cinco a zero satisfaz-me completamente. Ver a mesma equipa que na 1ª volta passou o tempo todo no chão à espera do médico, a queimar tempo na reposição de bolas, a fazer anti-jogo, a beneficiar de um penalti que o árbitro resolveu não marcar bem perto do fim e festejarem a semana inteira um empate como uma vitória, ver a mesma equipa, dizia eu, de cabeça perdida e a levar cinco secos, depois de há pouco mais de um ano levar seis, dá-me imenso gozo.

O jogo nem começou bem. Nada bem. O Benfica entrou mal e não conseguia passar do meio campo com perigo. Viu uma bola bater no poste e passou um mau bocado na defesa. Tudo caminhava para um jogo duro e equilibrado. Até que apareceu o suspeito do costume. Na primeira grande investida à baliza de Peçanha, que foi negando o golo a Cardozo, a bola acabou por entrar quando Tacuara resolveu assistir Saviola que de cabeça fez o seu 7º golo seguido!

Estava desatado o nó que começava a apertar. Curiosamente, a equipa madeirense em vez de partir em busca do empate mostrou instintos suicidas e rapidamente ficou reduzida a 9 jogadores! Olderban disse qualquer coisa ao árbitro que lhe valeu vermelho directo e já depois do Benfica estar a vencer por 0-2, golo de Maxi, em cima do intervalo Robson mostrou dotes de guarda redes e por ter evitado com a mão o golo de Cardozo também foi expulso. CarDeuzo aproveitou e confirmou o golo.
A segunda parte não teve grande história, mas o Marítimo insistiu estranhamente no seu próprio afundanço e marcou na própria baliza o 0-4! Penso que terá sido um ataque de remorso colectivo pela vergonhosa exibição que fizeram na Luz. Ficou-lhes bem.
Ainda houve tempo para Luisão fazer o seu golo de cabeça na área.

Depois de fechada a 1ª volta em Vila do Conde com uma vitória, esta foi a melhor maneira de arrancar na 2ª volta. Quem andou a esfregar as mãos a olhar para o calendário e a pensar que estes jogos longe de Lisboa iam atrapalhar o vôo da águia no campeonato deve andar mais mal disposto que nunca!

Sport Madeira e Benfica

domingo, 17 de janeiro de 2010

É impressão minha...

... ou há ali ajuda da mãozinha do Falcao no golo do empate? Acho que o Farías ficou com a mesma impressão que eu e por isso é que olhou logo para o bandeirinha.

Marítimo - Benfica

Estádio dos Barreiros
20h15
Sport Tv1

Árbitro
João Ferreira
[AF Setúbal]
Assistentes
Pais António e Luís Ramos

Treinador
Van Der Gaag

24 Peçanha GR
8 Paulo Jorge LD
6 Robson DC
14 Fernando DC
2 Alonso LE
26 Roberto Sousa MD
13 Olberdam MD
20 João Luís MD
15 Manú AD
7 Taka AE
35 Baba AV

-

1 Marcelo GR
21 Briguel LD
44 João Guilherme DC
32 Tito MD
23 Tchô MO
9 Pitbull AD
22 Kléber AV

Treinador
Jorge Jesus

1 Quim GR
14 Maxi Pereira LD
4 Luisão DC
23 David Luiz DC
25 César Peixoto LE
6 Javi Garcia MD
8 Ramires MO
20 Di María MO
10 Aimar MO
30 Saviola AV
7 Cardozo AV

-

13 Júlio César GR
27 Sidnei DC
28 Miguel Vítor DC
17 Carlos Martins MO
18 Fábio Coentrão MO
21 Nuno Gomes AV
31 Alan Kardec AV
32 Éder Luís AV

Olha, Já Há Petróleo no Porto

Afinal o Presidente do FC Porto encontrou um poço de petróleo.
Agora estamos todos espantados, então não é que o aquele moço muito revoltado quando vem à Luz com a sua equipa vai jogar no Porto?! Quem diria...

sábado, 16 de janeiro de 2010

Euforia na chegada à Madeira

Cerca de duas centenas de adeptos receberam a comitiva “encarnada”, na Madeira, com imensa euforia e entusiasmo. Ouviram-se palavras de força, apoio e para com todos os elementos benfiquistas.

Os jogadores e comando técnico tiraram fotos e deram autógrafos aos adeptos, mas Javier Saviola e Alan Kardec – reforço do mercado de Inverno – foram os mais acarinhados.

Ambos avançados foram os que deram mais autógrafos e ficaram mais tempo à conversa com os adeptos. Saviola por ser a sensação da turma da Luz nos últimos jogos e Kardec porque é a novidade dos convocados de Jorge Jesus, treinador do Benfica.

fonte A Bola

Convocados para os Barreiros

Guarda-redes: Quim e Júlio César;

Defesas: Maxi Pereira, Luisão, David Luiz, Miguel Vítor, Sidnei e César Peixoto;

Médios: Javi Garcia, Ramires, Carlos Martins, Di María, Pablo Aimar e Fábio Coentrão;

Avançados: Saviola, Cardozo, Nuno Gomes, Alan Kardec e Éder Luís.

O clube da tanga

Por Ricardo Araújo Pereira
A Bola

AINDA ninguém sabe o que mostram as imagens do túnel da Luz, mas os portistas já decretaram que as provocações são «indiscutíveis». Pronto, está decidido. A Liga que tome nota e as imagens que se arranjem lá como quiserem: é bom que mostrem provocações, caso contrário estarão a alinhar no centralismo. Todos sabemos que as imagens de vídeo, quando querem, conseguem ser muito centralistas. Enfim, só quem não se lembra das escutas, das nunca desmentidas escutas, pode estranhar esta insistência portista nas provocações. Como o leitor decerto saberá, esta não é a primeira vez que a equipa do Porto causa tumulto num túnel de Lisboa. Em Junho de 2004, por exemplo, a Comissão Disciplinar da Liga de Clubes deu como provado que, no final de certo Sporting-Porto, que acabou empatado, o treinador do Porto rasgou uma camisola do Sporting e desejou que Rui Jorge tivesse morrido em campo. A história é conhecida: no fim do jogo, Paulinho, roupeiro do Sporting, foi ao balneário do Porto tentar trocar uma camisola do Rui Jorge pela do Vítor Baía. O treinador portista, sem ser provocado por qualquer steward, esfarrapou a camisola e formulou o ternurento desejo. Foi justamente no dia seguinte que a PJ captou esta conversa telefónica entre Pinto da Costa e um administrador da SAD:

Antero Luís (A) - F******! Não dormi um c******! Estou com uma enxaqueca, pá.

Pinto da Costa (PC) - F***** da p****.... [...] Tínhamos morto esta m**** ontem [...]

A - Embora eu ache que o Mourinho, no final, também se exaltou muito!

PC - É, um bocado.

A - É! Aquela história de dizer que o Rui Jorge morreu em campo e...

PC - Ele disse aonde?

A - Ele diz que disse cá em baixo, disse cá em baixo, junto a... quando estava a malta toda ali! Mas eu liguei para a Bola e para o Jogo a desmentir! A dizer que ele estava a dizer que era mentira!

PC - Não, não! Não... não é desmentir! A gente tem é de processar o gajo que diz! [...]

A - É... e em relação à camisola, também tem de se arranjar ali uma tanga, presidente!

PC - Arranjar que ele foi provocar para a porta do balneário!

A - É. E que o Mourinho disse que: 'Esta camisola é indigna de ser trocada. Porque se a tivesse rasgado não a mandava outra vez para o balneário do Sporting.' [...] É! Temos de arranjar aí uma tanga, senão saímos por baixo desta m**** toda.

Como penso ser óbvio, a escuta tem tanto valor literário como substrato informativo. Lá está a estratégia de desmentir factos reais, a intenção de processar quem diz a verdade e a ideia de «arranjar uma tanga» — tanga essa que, pouco surpreendentemente, consiste em alegar a existência de uma provocação. Seis anos depois, mudam os túneis mas a tanga é a mesma. É interessante constatar que o Porto produz mais tangas do que a Triumph. É bem verdade: tocou a reunir no Porto. E a reunião faz-se, uma vez mais, ao redor da tanga.

Segundo a opinião insuspeita e prestigiada de Cruz dos Santos, no Porto-Leiria o guarda-redes dos visitantes foi expulso injustamente, uma vez que, como toda a gente viu, a bola lhe bateu na cabeça, e não na mão. Além disso, segundo o mesmo insuspeito e prestigiado especialista, o penalty falhado por Ronny deveria ter sido repetido, uma vez que Helton se adiantou antes de a bola partir. Helton cometeu, portanto, uma ilegalidade. Como é evidente, foi o herói na noite no Dragão. Tendo em conta que, ao que me dizem, está tudo feito para que o Benfica seja campeão, calculo que as equipas que vão jogar ao Dragão tenham o topete de, à cautela, passar a apresentar-se com guarda-redes desprovidos de cabeça, para ver se aguentam mais tempo em campo. Vale tudo para beneficiar o Glorioso.

No início da época, Domingos Paciência disse que, no ano anterior, o Braga tinha obrigação de ter feito melhor no campeonato, Taça e Taça da Liga. Na UEFA, competição em que o Braga tinha vencido a Taça Intertoto, Domingos não conseguiu passar da pré-eliminatória, frente ao poderoso Elfsborg. Na Taça da Liga, acaba de ser eliminado exactamente na mesma fase em que havia sido eliminado na época anterior. Falta o campeonato e a Taça. Mas, reduzido a duas competições, de facto tem mesmo obrigação de fazer melhor.

petição para criar taça josé torres

Está a decorrer uma petição no site Petição Pública com o intuito de ser criado um troféu, a disputar na pré-temporada entre o Torres Novas e o Benfica, com o nome 'Taça José Torres, o Bom Gigante', cujo objectivo é homenagear o ex-jogador do Benfica e do clube torrejano, que sofre de doença grave há vários anos. A receita reverteria a favor do antigo internacional português. Torres Novas e Benfica têm agora a palavra.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010



O Benfica é o clube português com melhor média de assistências em 2009/10, conforme indicam os números oficiais da Liga, e ocupa o 17º lugar no ranking europeu de espectadores, contabilizadas as jornadas desta época, até 31 de Dezembro, em 36 ligas.
Os encarnados têm uma média de 46 737 pessoas por jogo na Luz, longe, portanto, das 82 648 que normalmente vão a Camp Nou, Barcelona.
Mais longe ainda estão F.C. Porto, na 40ª posição com média de 34 428 espectadores e Sporting em 52º lugar.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

João Ferreira (Setúbal)

No Marítimo - Benfica.

Recorde de espectadores na Liga alemã



Os alemães estão a ir ao futebol mais do que nunca. Na primeira volta da Bundesliga deste ano, a média de espectadores foi de 42.115, um número recorde.

Pela primeira vez, na história da liga alemã a assistência média de ultrapassou os 42 mil espectadores, algo que representa um acréscimo de cinco por cento face ao ano passado.

"Apesar da crise económica, a Bundesliga permanece atractiva para os espectadores e continua a ser o campeonato de futebol mais frequentado do mundo", congratulou-se Christian Müller, presidente da Liga Alemã de Futebol.

Explicação para isto? "Um campeonato competitivo até ao fim da época, estádios modernos e confortáveis e preços de bilhetes aceitáveis para toda a família são os factores de sucesso do nosso campeonato", argumentou Christian Müller.

Já a II Liga alemã caiu ligeiramente, para uma média de assistência de 15.052. A título de comparação refira-se que a principal Liga portuguesa teve uma média de assistência de 10.749 espectadores na primeira volta.

Da Lei da Tripa à Lei Cantona

Por
Leonor Pinhão

NO domingo, o guarda-redes da União de Leiria foi injustamente expulso mas o treinador do Porto continua a lamentar-se da perseguição dos árbitros à sua equipa. Mas há mais lamentos. Até hoje continuam sem resolução os procedimentos disciplinares a aplicar aos jogadores do Porto que agrediram dois stewards no túnel do Estádio da Luz mas o Porto, através de quem tem autoridade para falar, continua a negar a evidência e a lamentar-se da legislação em vigor sendo que a dita legislação é da autoria de um legislador da sua própria casa.

As duas situações não são sequer absurdas. São apenas ridículas, sendo que o absurdo é a serôdia indulgência com que estas conversas continuam a ser escutadas. Por comodidade, preguiça e receio, poucos são os que lhe fazem frente de forma superior e livre de inclinações.

Um aparentemente insignificante episódio paralelo é a grande aposta para a resolução do caso do túnel da Luz de forma a que a Lei da Tripa vingue uma vez mais para eterno brilho do postulado «manda quem pode, obedece quem tem juízo» que, embora público e transcrito, não tem validade jurídica dadas as «tecnicalidades» dos processos.

O Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol ralhou com a Comissão Disciplinar da Liga por causa da pena de três meses de suspensão aplicada a Rui Cerqueira, director de comunicação do FC Porto, na sequência dos insultos dirigidos por Cerqueira a um jornalista da RTP em serviço no Estádio do Mar, em Matosinhos, na ocasião da visita do Porto ao reduto leixonense.

Não é que os insultos não tenham existido e não tenham sido escutados. Simplesmente não são… tecnicamente válidos. Para o Conselho de Justiça da FPF, um jornalista, de acordo com o artigo 107.º do regulamento, não faz parte do jogo, não é nem árbitro, nem jogador, nem dirigente, nem massagista, nem público pagante. Enfim, um jornalista de serviço não é «agente desportivo» mesmo que esteja num recinto desportivo a trabalhar.

Vai daí, o Conselho de Justiça da FPF desautorizou a Comissão de Disciplina da Liga por se atrever a considerar um jornalista como alguém a quem não se pode tocar, insultar, ameaçar. É a esta noticiazinha, que parece não ter grande importância, que se vão agarrar os legisladores da Lei da Tripa. Não é que a preocupação do momento sejam os jornalistas. A preocupação do momento são os malditos stewards…

Estão a perceber, não estão? Estão a perceber onde é que isto vai chegar?

É que, vão concluir, para o CJ da FPF, um jornalista é tecnicamente igual a um steward, praticamente não existe e não está ali a fazer nada, ainda que os jornalistas recebam as suas creditações profissionais dos organismos que superintendem as organizações das provas e ainda que os stewards recebam instruções e estejam directamente dependentes dos delegados da Liga na organização dos jogos.

Há uma coisa um bocadinho patética neste novelo. São aqueles lamentáveis opinantes, civis e militares, que atribuem ao «país» todas as culpas como se o «país» fosse uma entidade abstracta, uma espécie de invólucro sem responsabilidades para o recheio. Como se a culpa fosse do país, o nosso, e logo por azar cheio de portugueses, naturalmente. Ah! E como eles gostam de dizer: «Só em Portugal é que isto acontece. Se isto acontecesse na velha Inglaterra…» E babam-se.

Ora na velha Inglaterra, em 1995, o melhor jogador do mundo, Eric Cantona, do mais sonante clube do mundo, o Manchester United, foi expulso pelo árbitro no decorrer de um jogo com o Crystal Palace. Cantona, muito a custo, aceitou a decisão do árbitro, e quando se encaminhava para a cabina foi provocado por um adepto — ou seja, um não-agente desportivo — do Crystal Palace e respondeu a soco e a pontapé, num momento de kung-fu que ficou globalmente célebre e fotografado.

O Manchester United nem hesitou. O provocador não era nem jornalista nem steward, era um anónimo pagante, sentado na bancada, no segundo errado, momento errado. Mas o Manchester United, sem esperar pelas decisões disciplinares oficiais, suspendeu o seu próprio e mais caro jogador, Cantona, God, com 4-meses-4 de castigo.

E quando chegou a penalidade da F.A. — isto é da Federação Inglesa de Futebol — que estendeu para 9 meses a suspensão, o Manchester United limitou-se a concordar, a pedir desculpa e a concluir, publicamente, que Eric, estando «profundamente arrependido», nunca lhe passou pela cabeça «justificar o seu lamentável acto com culpas alheias».

Toda a argumentação dos defensores públicos de Hulk, Sapunaru e companhia, que pretendem ver os agressores como vítimas de provocações por não-agentes desportivos, é, sem querer ofender o chamado Terceiro Mundo, um exemplo de terceiro-mundismo mental e, pior ainda, querendo fazer dos outros estúpidos.

Se os dirigentes do Porto tivessem a dimensão social e a classe inata e secular dos dirigentes ingleses, teriam sido eles os primeiros a suspender os seus jogadores e a aguardar, com pedidos de desculpa, as decisões das instâncias disciplinares do futebol.

Mas para isto acontecer era preciso que tivessem bebido muito chá em pequeninos.

OS próximos adversários europeus do Porto e do Sporting jogaram um contra o outro e empataram. Ficou num 2-2 o resultado e pode-se dizer que foi bem melhor para o Everton, equipa visitante e que vem de um início de época medíocre, do que para o anfitrião Arsenal, candidato ao título em Inglaterra e com sólidos argumentos para a grande discussão com o Chelsea e com o Manchester United.

Sorte, portanto, do Benfica em ter apanhado o Everton quando a equipa parecia não se entender no jogo colectivo e quando as suas melhores individualidades se apresentavam perras e pouco ou nada inspiradas.

Sorte do Porto se, no próximo mês, para a Liga dos Campeões, encontrar um Arsenal tão fácil de manietar como aquele que o mediano Everton foi seriamente incomodar a Londres.

Sorte para o Sporting, no seu processo de reafirmação nacional e internacional, em apanhar um Everton mais compacto e decidido porque só assim saboreará convenientemente o triunfo na eliminatória da Liga Europa.

É que, no ano passado, nos dois jogos com o Benfica, o Everton foi tão fraquinho e tão facilmente goleado que, praticamente, nem deu gozo nenhum ao pessoal.

FEZ bem Jorge Jesus em poupar Saviola no terreno pesado de Guimarães. E em poupá-lo a ter de fazer o seu sétimo golo em sete jogos consecutivos. Era demais. Também fez bem Jorge Jesus em lançar Éder Luís naquele temporal. A partir de agora, para o brasileiro não haverá jogo nem piso pior do que o de ontem. Serão só facilidades.

É incrível como ainda haja quem defenda que as raparigas que trabalham em bares não têm «credibilidade» nenhuma, ao contrário dos homens pios, e a abarrotar de «credibilidade», que frequentam alegremente os mesmos bares. No século XX muito ouvimos falar sobre estas coisinhas dos machos latinos. No século XXI, é mais uma coisinha de machos cretinos.

P.S. — Tal como Valentim Loureiro, num jantar de festa, apelou ao presidente do Supremo Tribunal Administrativo (que, corrija-se, estava ausente) para trazer a justiça do Estado para o Apito Dourado, também Pinto da Costa, noutro jantar de festa, apelou ao Secretário de Estado dos Desportos «ou a alguém do Governo» (que estava todo ausente) para «fazer um apito encarnado» contra a corrupção no futebol.

Valentim Loureiro usou da palavra na hora do café.

Pinto da Costa terá usado da palavra na hora da fruta.

Vitória Guimarães 1- 1 Benfica


Na 3ª visita a Guimarães desde a pré época o Benfica voltou invencível.
Se nos outros dois jogos o calor do verão imperou esta noite no Minho jogou-se debaixo de um dilúvio!
Naquelas condições os sistemas tácticos, a mais valia técnica, as estratégias, de nada valem. É como diz Jorge Jesus: muita luta, pontapé para a frente e quem marcar ganha.
Quem marcou foi o Vitória, numa infelicidade de Maxi Pereira (RAPA O CABELO, HOMEM!). O Benfica reagiu e quando Coentrão isolado atirou com força à barra pensei que que já não ia ser possível sair da chuvada com um resultado positivo. Mas à segunda Fábio Coentrão não falhou igualou o jogo e deixou o Benfica com 4 pontos nesta fase da Taça da Liga.

Moreira é mesmo carta fora do baralho. Tenho pena por alguns motivos. O mais forte que posso mostrar aqui hoje é aquele grande plano televisivo do nosso guardião no banco a olhar para a bancada dos Rapazes da Luz, sempre presentes mesmo, a acompanhar o cântico: "Todos quem saber quem nós somos..." Inesquecível imagem de Moreira.

Eder Luís estreou-se e deve estar assustado com o inverno português. Depois do treino com o Fátima no Seixal voltou a jogar debaixo de uma chuvada incrível. Eu gostei de alguns pormenores do brasileiro, e estou convencido que é mesmo reforço para esta segunda metade do campeonato que é mesmo o objectivo mais importante esta época.
Apuramento quase conquistado. Em Vila do Conde confirmamos a passagem às meias finais.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Não Falo Sobre...

... BUFAS!
Mas estou a adorar assistir ao pânico que por ali vai com toda a gente a sair da toca e a dizer coisas. Até já falam para os mortos!
Tanto que eu esperei por este espectáculo que não me apetece comentar, só sentar e apreciar rindo muito.

Moçambique Joga Hoje

Nasci em Nampula, Moçambique, a 24 de Abril de 1973.


19:30
-
X
-

Moçambique é, a igual que congéneres como Burkina Faso e Malawi, um contendor com objectivos modestos, como humilde é o próprio grupo, carente de jogadores de topo. Portanto, passar da primeira fase é o simples desejo dos Mambas.

Com Tico-Tico e Dário à cabeça, Moçambique não se pode dar ao luxo de sonhar muito alto, embora não seja proibido.

CAN 2010 - O Futebol da Magia Negra



Sou fã da Taça de África das Nações. Não acompanho tão exaustivamente como faço de 4 em 4 anos com o Mundial, mas fico sempre atento à competição que se joga em Janeiro e que deixa muitas equipas do topo do futebol europeu à beira de um ataque de nervos por perder alguns dos jogadores mais influentes a meio da época.

Este ano o CAN joga-se em Angola e antes da bola começar a rolar a vergonha da morta apareceu em Cabinda. Nada que não se esperasse. Há esperança que tenha sido um episódio triste, sangrento, e isolado nesta aventura angolana.

O jogo de abertura foi épico. Um resultado que entrou directamente para o top de jogos lendários a nível mundial. Com espanto os organizadores goleavam por 4-0 o Mali, um dos fortes candidatos à vitória final, a pouco mais de 10' do fim. Com maior espanto o Mali fez 4 golos até ao fim e conseguiu o empate! Manuel José ainda não deve ter dormido a esta hora e deve estar a pensar que da próxima vez aposta em Mantorras só para não ter azar.

Ontem mais dois jogos, não foram 3 porque confirmou-se a saída do Togo da competição, e mais duas belas surpresas.
A Argélia, com Yebda e Halliche, não confirmou a boa forma mostrada contra o Egipto a quem roubou a vaga no próximo Mundial. Foi uma decepção ver os argelinos serem completamente dominados por um surpreendente Malawi que ganhou fácil por 3-0!

Mas a favorita Costa do Marfim não fez melhor. O adversário de Portugal no Mundial não conseguiu marcar um golo à resistente selecção do Burkina Faso treinada por Paulo Duarte que fez alinhar dois jogadores do União de Leiria e Narcisse, primo de Edinho (Málaga).

Hoje há mais.

Lembram-se de Ricky?


Ricky com Ricardo Gomes

O jornal I encontrou Ricky e apresenta hoje uma bonita entrevista com o ex-jogador do Benfica que vale a pena ler. Destaco esta parte:

Paciência que foi coisa que não teve quando a dupla Toni/Jesualdo o lançou a titular no Benfica, não foi?

Ah, já entendi. Esse jogo dos 14-1 ao Riachense calha por estes dias, não é?

Sim, foi a 11 de Janeiro de 1989.

Xiii, há 21 anos. Sim, claro que me lembro desse jogo. Mas essa história tem de ser bem contada aos adeptos, sobretudo aos benfiquistas. Estava em França, a jogar na 1.a divisão pelo Metz [oito golos em 32 jogos durante 1987-88], quando o empresário português Lucídio Ribeiro me negociou para o Benfica, tinha eu 27 anos. Só que tive um azar tremendo e parti a perna no meu primeiro jogo, durante o estágio nos EUA. Não me lembro do adversário. Só sei que foi em Nova Iorque, no Giants Stadium. Fiquei arrumado e nunca pude evidenciar a minha pontaria pelo Benfica.

Nunca, não! Nesse jogo de Taça, foi um ver se te avias.

Sim [risos], nessa tarde fiz tudo o que podia. Tinha acabado de regressar após a lesão e estava ligeiramente desanimado pois perdera os dois primeiros jogos oficiais [1-2 com Boavista na Maia, a 31 de Dezembro de 1988, e 0-1 em Penafiel, uma semana depois]. Aquele jogo com o Riachense era importantíssimo.

Do que é que se lembra desse jogo?

Bem, além de conseguir a espantosa marca de seis golos, dois na primeira parte e quatro na segunda, lembro-me de uma tarde de Inverno com sol, da minha camisola vermelha com o número 9 nas costas, patrocinada pela Fnac, e dos adeptos numa gritaria danada, muito por culpa dos milhares dos torcedores do Riachense. Sabe que o golo deles foi no último minuto e os adeptos festejaram como se fosse a decisão do Mundial? Aí, percebi a grandeza do Benfica. E também a do Bento, um senhor guarda-redes [que foi junior no Riachense]. Era ele que estava na baliza e foi a ele que eles [Tochinha, um jovem fundador metalúrgico, futebolista nas horas vagas] marcaram. Também me recordo daquele esquerdino que veio do Portimonense... até jogou na selecção portuguesa... isso, o Pacheco! Ele foi espectacular, baralhou toda a gente e ofereceu-me sei lá quantos golos. Cá fora, demorei mais de 30 minutos para sair do Estádio. Eram tantos pedidos de autógrafos! Só no dia seguinte é que percebi que o Benfica tinha batido o seu recorde na Taça [datado de Abril de 1949, com 13-1 ao Académico de Viseu]. E eu fiz parte dessa história [Direito, autogolo, Ademir-2, Pacheco-2, Lima, Garrido e Miranda também marcaram].

Mas depois nunca mais jogou!

É verdade. Nessa época, marquei seis golos em seis jogos, cinco deles incompletos [ao todo, foram 210 minutos, o que dá um golo por cada 38'], porque a concorrência era enorme. Havia o Vata, que se sagrou melhor marcador da 1.a divisão nessa época [16 golos, 18 com a Taça de Portugal] e ainda o Magnusson [nove no total]. Sem esquecer o central brasileiro Ricardo Gomes [oito, todos no campeonato]. Não havia espaço para mim naquele Benfica que se sagrou campeão nacional, e que só não teve direito a dobradinha, com a Taça, devido àquele livre do Juanico, do Belenenses.

Urreta no Peñarol

O Sport Lisboa e Benfica informa que o extremo Urreta vai jogar no Peñarol até Junho deste ano, sendo que o clube uruguaio não tem direito de opção no final do empréstimo.

O jovem futebolista uruguaio vai jogar ao serviço do Peñarol no Torneio Clausura, prova que começa no dia 25 de Janeiro.

Esta cedência poderá permitir a Urreta sonhar com a presença no Mundial 2010, que irá decorrer na África do Sul.

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Carlos Xistra

Taça da Liga: dirige V. Guimarães-Benfica

Marítimo-Benfica: Bilhetes à venda a partir do dia 12

O Sport Lisboa e Benfica anuncia que os bilhetes para o jogo Marítimo-Benfica irão ser colocados à venda na próxima terça-feira, dia 12 de Janeiro, nas bilheteiras (entre as 10 e as 19 horas) e nas Casas do Benfica.

O jogo da 16.ª jornada da Liga portuguesa realiza-se no dia 17 de Janeiro e tem início marcado para as 20h15.

O preço dos bilhetes é o seguinte:
Bancada Lateral Norte - 20€
Bancada Central - 30€

Éder Luís Inscrito

A documentação de Éder Luís já deu entrada nos serviços da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e da Liga, embora o reforço encarnado só possa ser utilizado oficialmente, quando a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que tem os serviços encerrados desde 11 de dezembro, enviar o certificado internacional, o que poderá acontecer a partir de hoje.

O atacante contratado ao Atlético Mineiro, de 24 anos, ocupou a vaga em aberto no plantel encarnado que, como se sabe, tem 26 jogadores inscritos dos 27 permitidos, mas agora é preciso que chegue o certificado para que possa ser utilizado em Guimarães, na próxima quarta-feira - tem de dar entrada nos serviços federativos até amanhã o mais tardar.

As inscrições do médio Airton, de 19 anos, e do avançado Alan Kardec, de 20 anos, estão, por isso, pendentes das vagas que poderão abrir nos próximos dias, altura em que a SAD encarnada deverá concluir algumas negociações, como são os empréstimos de Urreta ao Peñarol e a saída de Keirrison, cujo passe pertence ao Barcelona.

Além destes dois casos, também a situação de Miguel Vítor continua por resolver, sendo esta uma das outras vagas que poderá abrir e até permitirá a inscrição de outro jogador, que possa ainda ser contratado no mês de janeiro.

Um mês

De qualquer forma, as inscrições de Airton e de Kardec estarão sempre dependentes da reabertura da CBF. Vários clubes no Brasil estão à espera que o organismo volte ao normal funcionamento para poderem "legalizar" atletas oriundos do estrangeiro, passando-se o mesmo com os canarinhos que se transferiram para o exterior.

Neste caso, estão incluídos os reforços benfiquistas de inverno. Se tudo correr como o previsto , Jesus até poderá contar já com as caras novas do plantel na deslocação ao Estádio dos Barreiros.

Para já, os brasileiros vão limitar-se a trabalhar com os novos companheiros e a assimilarem as ideias do treinador. Por isso mesmo, viajaram para o Porto, onde se juntaram ao grupo encarnado que vai permanecer no Norte até quarta-feira.

Viagem a Meio

domingo, 10 de janeiro de 2010

Rio Ave 0 - 1 Benfica


Importantíssimo!
Triunfo importantíssimo em Vila do Conde.
Sair de carro de Lisboa pelas 15h viajar até Vila do Conde sabendo que nos esperavam graus negativos e um jogo muito complicado. Basta dizer que nas outras três vezes que tinha ido aos Arcos para ver o Benfica nunca tinha visto uma vitória nossa.
Mas ontem ia confiante. Foi a minha vez de conduzir e ia mentalizado para 700 kms divertidos e bem dispostos porque acreditava que o Benfica ia mesmo vencer o último jogo da 1ª volta mantendo assim a liderança juntamente com o Braga.

Não foi fácil.
Incrível apoio benfiquista no estádio dos Arcos. Invasão de adeptos benfiquistas de todo o país, principalmente da zona norte. Francesinha da ordem comida no café in perto da rotunda dos Arcos que podia ser no Alto dos Moínhos já que a clientela vestia só vermelho e branco.
Depois o mais complicado, caminhada para o estádio, entrada desorganizada nas bancadas sem torniquetes nem controlo quase nenhum, e preparação para 90m a gelar de pé numa bancada completamente vestida à Benfica.
Para combater o gélido frio cantou-se desde o primeiro minuto nunca deixando as pernas estáticas. O Benfica da primeira parte não convenceu, a perdida de bola do Maxi (tem que rapar o cabelo para estar a 100%) à saída da área assustou e o livre que o Paixão inventou ao Quim espantou!

Mas a confiança não arrefecia apesar do frio. Aquela entrada a todo o gás na 2ª parte não enganava. Lá vinha o Benfica atrás do golo. Saviola não gosta de grandes esperas e quando viu ali a bola a jeito fez o golo 8 na Liga Sagres, e o seu sexto golo seguido em jogos oficiais!
Estava encontrado o caminho da vitória, os 3 pontos estavam na mão.
Ao contrário do que esperava não houve forte reacção do Rio Ave, não houve sufoco, não houve aperto. O Benfica continuou a jogar bem, a controlar, e foi com naturalidade que se chegou a parte final da partida. Tão natural que estava eu a tentar perceber quantos minutos de desconto haviam para jogar e o Paixão apita para o final.
Vitória importantíssima, segura, e simbólica por ser a fechar a 1ª volta.
Para quem, como eu, esteve na Trofa faz agora um ano sabe bem o quão valioso é este triunfo. Aprendeu-se com os erros do passado, houve mentalização forte em vez de desleixo, houve atitude e garra em vez de facilitismos e agora vamos para a 2ª volta com a equipa cada vez mais forte e moralizada no nosso principal objectivo.

Se o Benfica ia fraquejar e baixar de forma por alturas do inverno e não ia ter pedal para campos adversos, os autores desta teoria devem ter passado uma noite bem complicada ontem.
E o que dizer de Saviola?

Grande Benfica, finalmente vejo, sinto e testemunho uma harmonia enorme entre adeptos, equipa e dirigentes. E esta harmonia é a chave do nosso sucesso, não tenho dúvidas disto, por isso é também tão indesejada por tantos.
Mas agora já não há nada a fazer, estamos todos juntos, todos unidos em volta do mesmo objectivos, cada um no seu lugar, cada um cumprindo a sua parte.
E da minha parte vendo bem as coisas o que são 700 e tal km's num dia gelado de inverno para ajudar o Benfica a somar 3 pontos? Nada!
Parece que o Benfica vai embalado para o título. E vai!

Rio Ave 0 - 1 Benfica


chegar a casa às 5 da manhã dá direito a um descanso mais tardio. texto mais logo.

sábado, 9 de janeiro de 2010

Rio Ave - Benfica

Primeira Viagem do Ano


Hoje é dia de regressar a Vila do Conde para apoiar o Benfica numa das deslocações mais difíceis da época. Sair de Lisboa a tarde, ir jantar a Vila do Conde e apoiar o Benfica no Estádio dos Arcos. Sem congelar e com os 3 pontos no fim, é este o objectivo do dia.

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Convocados para Vila do Conde


Guarda-redes:
Quim e Júlio César;

Defesas: Maxi Pereira, Luís Filipe, Miguel Vítor, Roderick Miranda, Luisão e César Peixoto;

Médios: Javi Garcia, Ramires, Carlos Martins, Pablo Aimar, Felipe Menezes, Di María e Fábio Coentrão;

Avançados: Cardozo, Saviola, Nuno Gomes e Weldon.